100%

CÂMARA MUNICIPAL RETORNA ÀS ATIVIDADES LEGISLATIVAS

Depois do recesso legislativo, a Câmara Municipal realizou na última terça-feira, 5 de fevereiro, a primeira sessão ordinária de 2019. Ao iniciar as atividades legislativas, a Câmara recebeu os seguintes projetos de lei para serem apreciados pelo plenário:
 
- Projeto de Lei nº 001/2019 de iniciativa da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Papanduva que “Concede de revisão geral anual aos servidores públicos e agentes políticos do Poder Legislativo, bem como, reajuste do auxílio alimentação dos servidores". O projeto propõe revisionar em 3,28% os vencimentos e auxílio alimentação. Mais informações sobre o projeto, clique aqui.
 
- Proposta de Emenda À Lei Orgânica Nº 0001/2019 assinada por todos os Vereadores da que "Altera a Redação do caput do Art. 21. da Lei Orgânica Municipal do Município de Papanduva e dá outras providências". A proposta sugere que as sessões da Câmara se desenvolvam ordinariamente de 2 de fevereiro a 22 de dezembro, extinguindo-se o período do recesso legislativo do mês de julho. Mais informações sobre o projeto, clique aqui
 
- Projeto de Resolução nº 0001/2019 de iniciativa de todos os Vereadores que “Altera dispositivos da Resolução 003.2002, extingue o voto secreto nas deliberações da Câmara Municipal de Papanduva e dá outras providências”. Segundo justificativa do projeto, “as votações do Parlamento devem ser abertas, sem nenhuma exceção, com vista a permitir que o eleitor possa acompanhar a atuação de seus mandatários [...] pode-se concluir que a extinção do voto secreto, o caráter secreto do voto só se justifica para o cidadão, não para o parlamentar representa o cidadão, a quem deve prestar contas. Uma das formas de prestação de contas seria a transparência nas votações”. Mais informações, clique aqui
 
Como papel do legislativo, os vereadores apresentaram indicações ao Poder Executivo Municipal para tomada de providências com relação à realização de melhorias. Clique aqui, para visualizar as indicações apresentadas. 
 
Além disso, o plenário aprovou requerimento reivindicando esclarecimentos da Celesc sobre o aumento elevado na fatura de energia elétrica emitida no mês de janeiro de 2019. Mais informações, acesse aqui
 
 

ASSISTA A ÚLTIMA SESSÃO
 
 
 

Acompanhe os trabalhos dos vereadores
A Câmara Municipal de Papanduva tem a satisfação de convidá-lo para prestigiar as sessões do legislativo. Neste mês de FEVEREIRO, as próximas sessões se realizarão nos dias 19 e 26 (terças-feiras), 20 (quarta-feira)  e nos dias 21 e 28 (quintas-feiras), a partir das 19 horas. A comunidade em geral também pode acompanhar os trabalhos dos vereadores, acessando o site www.cmpapanduva.sc.gov.br, onde pode encontrar notícias e outras informações referentes à Câmara Municipal.  Como também assistir as Sessões ao Vivo: para acompanhar verifique o calendário das sessões e clique em TV CÂMARA.
Protocolos desta Publicação:Criado em: 07/02/2019 - 15:41:54 por: Joselene de Fátima Ferreira - Alterado em: 11/02/2019 - 14:56:43 por: Joselene de Fátima Ferreira

Notícias

CÂMARA MUNICIPAL RETORNA ÀS ATIVIDADES LEGISLATIVAS
CÂMARA MUNICIPAL RETORNA ÀS ATIVIDADES LEGISLATIVAS

Ao iniciar as atividades legislativas, na última terça-feira (5), a Câmara recebeu os projetos de lei para serem apreciados pelo plenário:
 - Projeto de Lei nº 001/2019 de iniciativa da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Papanduva que “Concede de revisão geral anual aos servidores públicos e agentes políticos do Poder Legislativo, bem como, reajuste do auxílio alimentação dos servidores".  
- Proposta de Emenda À Lei Orgânica Nº 0001/2019 assinada por todos os Vereadores da que "Altera a Redação do caput do Art. 21. da Lei Orgânica Municipal do Município de Papanduva e dá outras providências".
- Projeto de Resolução nº 0001/2019 de iniciativa de todos os Vereadores que “Altera dispositivos da Resolução 003.2002, extingue o voto secreto nas deliberações da Câmara Municipal de Papanduva e dá outras providências”.

Convite para Primeira Sessão Ordinária de 2019
Convite para Primeira Sessão Ordinária de 2019

A Câmara Municipal de Papanduva tem a satisfação de convidar o público em geral para prestigiar a Primeira Sessão Ordinária de 2019 que se realizará no dia 5 de fevereiro (terça-feira), às 19 horas nas dependências da Câmara de Vereadores.

Câmara Municipal de Papanduva renova Mesa Diretora para o biênio 2019/2020.
Câmara Municipal de Papanduva renova Mesa Diretora para o biênio 2019/2020.

Na última sessão, o plenário da Câmara Municipal realizou a Eleição para a renovação da Mesa Diretora que dirigirá a Poder Legislativo Municipal no biênio 2019-2020.Para a Presidência disputou à eleição o Vereador Tafarel Schons. Para Vice-Presidente concorreu o Vereador Ernildo Selinke. Para Primeiro Secretário candidatou-se o Vereador Altamir Glonek e para Segundo Secretário, o Vereador Nilson Pereira.

Projeto que proíbe a exploração do xisto no município de Papanduva é aprovado
Projeto que proíbe a exploração do xisto no município de Papanduva é aprovado

A Câmara Municipal de Papanduva aprovou na última sessão o Projeto de Lei nº 0038/2018 que visa proibir a concessão de alvará e/ou licença para o uso do solo e para o tráfego de veículos em vias públicas, a outorga e o uso de águas, a queima de gases na atmosfera, a vedação da concessão de anuência prévia em licenciamentos e outorgas de água com a finalidade de exploração e/ou exploração dos gases e óleos não convencionais (gás de xisto, gás metano carbonífero e outros) por quaisquer métodos de extração e mineração do xisto na esfera da competência municipal, bem como proíbe a instalação, reforma ou operação de atividades, serviços, empreendimentos e obras de produção, comercialização, transporte, armazenamento, utilização, importação, exportação, destinação final ou temporária de resíduos, ou quaisquer outros produtos usados para a extração e mineração do xisto  em todo o território do Município de Papanduva.

Em análise: projeto que proíbe a exploração do xisto no município de Papanduva
Em análise: projeto que proíbe a exploração do xisto no município de Papanduva

A Câmara recebeu no dia 4 de dezembro, o Projeto de Lei nº 0038/2018 que tem como finalidade proibir a concessão de alvará e/ou licença para o uso do solo e para o tráfego de veículos em vias públicas, a outorga e o uso de águas, a queima de gases na atmosfera, a vedação da concessão de anuência prévia em licenciamentos e outorgas de água com a finalidade de exploração e/ou exploração dos gases e óleos não convencionais (gás de xisto, gás metano carbonífero e outros) por quaisquer métodos de extração e mineração do xisto na esfera da competência municipal, bem como proíbe a instalação, reforma ou operação de atividades, serviços, empreendimentos e obras de produção, comercialização, transporte, armazenamento, utilização, importação, exportação, destinação final ou temporária de resíduos, ou quaisquer outros produtos usados para a extração e mineração do xisto em todo o território do Município de Papanduva.

Produtores rurais reúnem-se contra a exploração do xisto no município de Papanduva
Produtores rurais reúnem-se contra a exploração do xisto no município de Papanduva

Produtores rurais e moradores das localidades do município de Papanduva: Palmito, Arroio Fundo, Arroio Grande, Campina Jungles, Rio da Ponte, Queimados reuniram-se na manhã desta segunda-feira (03) na Câmara Municipal de Papanduva para discutir questões eminentes à extração do xisto e as consequências da possibilidade de iniciar a exploração na região.
 

Em análise: projeto propõe que relatório de Emendas parlamentares recebidas pelo município seja publicado
Em análise: projeto propõe que relatório de Emendas parlamentares recebidas pelo município seja publicado

Poder Executivo deverá publicar no site anualmente a aplicação das emendas parlamentares recebidas pelo Município de Papanduva

O Projeto proposto pelo Vereador Gilberto Chupel (Betinho) objetiva que até o dia 31 de março de cada ano, o Poder Executivo publique no Portal Transparência a relação de Emendas Parlamentares conferidas ao Município de Papanduva pela Assembleia Legislativa ou Congresso Nacional no ano anterior, dando publicidade da situação de cada uma delas.